USO INDISCRIMINADO DE BENZODIAZEPÍNICOS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA PARA O PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM NA ATENÇÃO PRIMÁRIA

  • Lorena Santana Furtado Jordão
  • Vábia da Costa Almeida
  • BIANCA MAGNELLI MANGIAVACCHI
Palavras-chave: Automedicação, Cuidados de enfermagem, Prevenção em saúde.

Resumo

Os benzodiazepínicos são compostos farmacológicos de efeitos ansiolíticos e hipnóticos e o uso indiscriminado desses medicamentos está relacionado com a síndrome da dependência sendo esse um fenômeno clínico relativamente recente. A falta de esclarecimento da população sobre os riscos que esse medicamento pode trazer juntamente com a falta de debates sobre o assunto em meios como a mídia, levam ao consumo indiscriminado desses compostos aumentando a chance de desenvolvimento de uma dependência e/ou tolerância química. Nesse contexto, o enfermeiro desempenha funções de muita importância quanto ao uso desses fármacos, tanto na prática clínica, ou seja, na administração desses medicamentos, quanto na orientação aos efeitos colaterais, bem como os problemas que o uso irracional desses medicamentos pode causar. Com base nessas informações apresentadas, vê-se a necessidade de se analisar o real papel dos profissionais da área, em especial a equipe de enfermagem, quanto ao uso indevido e irracional de benzodiazepínicos pela população de forma geral. Para isso, o presente artigo consistiu em uma pesquisa bibliográfica investigativa descritiva utilizando como base de dados a Biblioteca Virtual da Saúde (BVS), com a análise retrospectiva de artigos publicados até 2017, identificando os mecanismos reais do uso indiscriminado dos benzodiazepínicos pela população brasileira. Sete artigos foram analisados e apontam vários fatores como possível causa para a procura desses fármacos que vão desde fatores socioeconômicos à fatores emocionais. O profissional de enfermagem possui um papel muito importante na educação em saúde auxiliando na identificação do uso indevido de benzodiazepínicos levando ao maior esclarecimento da população, e um melhor preparo das equipes multidisciplinares de saúde abordando a promoção, prevenção e proteção da saúde.

Publicado
2018-06-25
Como Citar
Santana Furtado Jordão, L., da Costa Almeida, V., & MAGNELLI MANGIAVACCHI, B. (2018). USO INDISCRIMINADO DE BENZODIAZEPÍNICOS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA PARA O PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM NA ATENÇÃO PRIMÁRIA. Múltiplos Acessos, 3(1). Recuperado de http://www.multiplosacessos.com/multaccess/index.php/multaccess/article/view/64
Seção
Artigos